Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Tu és eternamente responsável pelo Lobo que cativas

Eu penso, eu sinto, eu Uivoooooo... e minh'alma vaga na imensidão do céu estrelado...

Tu és eternamente responsável pelo Lobo que cativas

Eu penso, eu sinto, eu Uivoooooo... e minh'alma vaga na imensidão do céu estrelado...

Ano novo, caminhos abertos...

por Keila, a Loba, em 01.01.18

"Quem teve o privilégio de viver muito, sabe que o tempo é um mestre muito caprichoso. Às vezes, as suas lições são tão repentinas que quase nos afogam. Outras vezes, elas se depositam bem devagar, como a conta gotas, diante da avidez das nossas perguntas.

E, por isso, quem teve o privilégio de viver muito tempo, aprende a olhar com serenidade o turbilhão da vida. Amores ardentes se extinguem. Urgências se acalmam. Passos ágeis, alentam...

Enfim, tudo muda. Muda o amor, mudam as pessoas, muda a família, só o tempo permanece do mesmo modo, sempre passando...

99.gif

 

Ninguém entra num mesmo rio uma segunda vez, pois, quando isso acontece, já não se é o mesmo; assim como as águas, que já serão outras. Foi um filósofo grego, Heráclito de Éfeso, que viveu no século V A.C quem fez essa formulação que até hoje nos fascina: o fluxo eterno das coisas, que é a própria essência do mundo, apontou Heráclito.

E se ainda hoje ficamos espantados com isso é porque nos apegamos teimosamente ao que já passou, esperando, no fundo, que tudo permaneça igual.

Então, é necessário um filósofo da antiguidade ou um escritor contemporâneo pra nos fazer entender que nada é permanente, a não ser a mudança.

Olha só, eu separei aqui um trecho do ‘Grande Sertão Veredas’ onde o Guimarães Rosa fala um pouco sobre isso. Olha só, que beleza!

“O mais importante e bonito do mundo é isto: que as pessoas não são sempre iguais, ainda não foram terminadas, mas que elas vão sempre mudando, afinam ou desafinam, verdade maior. É o que a vida me ensinou...”

Não é incrível? O filósofo flagra a fluidez e o escritor se maravilha com isso. “É o mais bonito da vida”, diz Guimarães Rosa.

É uma celebração do movimento, não é um lamento. O tempo não para. E isso é belo. Então, semana que vem, nós nos encontraremos aqui, e eu serei outro, e vocês também.”

chaves.jpg

 *Último capítulo da Novela A Vida da Gente,

Rede Globo de Tekevisão - Brasil

Virou estrela... Está mais perto de Deus

por Keila, a Loba, em 03.11.14

18312Bobeda.jpg

 

"A pior das dores é aquela que não tem sentido", que não é possível de ser explicada, mas é apenas sentida, já diziam os grandes sábios e filósofos da humanidade. Me refiro à morte no post de hoje.

Dia 15/10/2014 meu irmão Átila, 56 anos, uma pessoa que viveu bem pouco a vida, morreu de graves problemas no coração. Antes de sua partida, ele parecida querer nos dizer que havia arrumado a mala para essa viagem, pois se queixava de mal estar, dores, inquietações com a vida, dúvidas e incertezas quanto ao presente e futuro, diálogos tão comuns quanto aquelas conversas ouvidas e partilhadas com qualquer colega de trabalho que nos compartilha as rotinas pesadas dos dias. Mas meu irmão mostrava uma incontida urgência de paz e acalanto nos olhos, uma tristeza que tomava conta não só das palavras, mas também dos gestos. Depois que as queixas eram postas como elementos centrais da conversa, um silêncio mortificante tomava conta do ambiente. Quem, em pleno vigor da vida, haveria de manifestar tão pouco interesse em contar seus sonhos de amanhã?

Para os que não tem pais vivos, como eu e meus irmãos, perder mais alguém deveria fazer parte do "cerimonial das pessoas ausentes" que responderia as lacunas no dia das mães, dos país, aniversário, natal, ano novo, e em todos os encontros da família em que a ausência física é notada, percebida e lembrada. Mas se a gente não consegue se acostumar com a morte, como se acostumar com a perda? Ocorre que, nesse espaço familiar, onde a perda de alguém querido é sofrido, morte e perda, embora juntinhas, correm separadas. Engraçado pensar assim. Perder parece conjugar o verbo de quem poderá ser encontrado qualquer dia, qualquer hora; mas morrer é ir e não voltar. 

Nesse dia 02/11/2014, dia dos finados, pela primeira vez oramos pelo Átila como alguém que recebe as orações, mas não está entre nós. É estranho... Embora a morte seja esperada, certeira, e até certo ponto comum, quem se acostuma com ela deveria ser mais leve no acerto dos passos da vida, mas não tenho certeza disso. Ou quem não aceita a morte deveria sofrer bem mais por ve-la transitar o tempo inteiro ao nosso lado. Mas também não há garantias de que vida e morte ocupam espaços absolutamente determinados na prática e no coração.

Minha urgência em falar essas coisas se deve à saudade.... Ah! essa saudade danada, que aperta o meu coração e me faz chorar! Será que os mortos sentem alguma coisa das coisas dessa vida? Tenho certeza, porém, de que os vivos não sabem nada da morte, e talvez seja melhor assim. Esses pensamentos não inibem a saudade, a vontade de beijar, de abraçar e de ver meus pais e meu irmão, e por isso compartilho esses sentimentos a quem interessar, a quem sentir maior ou menor, não importa. 

 

coracao3.gif

 

Muitas vidas, um só mestre

por Keila, a Loba, em 23.05.08

Antes de ser quem sou agora,

eu fui uma idéia,

um lampejo querendo ser,

uma promessa que cativou alguém.

E esse Alguém me deixou nascer,

e me deixou morrer,

e me deixou vir,

e me deixa voltar.


Image Hosted by ImageShack.us


Às vezes, nas viagens oníricas que me permitem mergulhar em vidas anteriores,

me vejo em situações que revelam já ter sido homem,

mulher,

cristão,

agnóstica,

escravo,

rei,

gueixa,

feiticeira,

cigano,

sacerdote,

artista,

cortesã,

revolucionário,

político,

alcóolatra

xamã

cientista...


Muitas vidas,

um só mestre, uma só verdade:

"Infinita vida que, para continuar, desaparece, e toma outra forma.

Rebrota como árvore podada se abrindo,

como raiz mergulhada",(*Cecília Meirelles)

ciente de que, em todas as vidas,

buscamos caminhar e ser melhores do que fomos ontem,

do que somos hoje,

e mais humanos do que seremos amanhã.

Image Hosted by ImageShack.us


Obrigada aos amigos que me concederam a honra de mostrar aqui esses lindos e generosos presentes.

Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us
Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us

<"EU SEI QUE TU ME SONDAS..."

por Keila, a Loba, em 19.05.08


 

Tenho tido sonhos misteriosos, intrigantes, então resolvi fazer um link com alguma coisa que talvez diga como estou me sentindo.


http://www.youtube.com/watch?v=Sd0CsdL8Rvo

Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us

Amigos que se eternizaram na generosidade

por Keila, a Loba, em 07.05.08

Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us


Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us


Image Hosted by ImageShack.us



Coisinhas que me fazem feliz

por Keila, a Loba, em 05.05.08

Agradeço aos amigos a honra, a delicadeza e a amizade que acompanham os selinhos. Obrigada, queridos.

Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us

Presentes, selos e coisinhas que os Uivos da Loba ganham

por Keila, a Loba, em 05.05.08

Blogar tem um significado muito especial para essa Loba que lhes fala. Ao longo de pouco mais de 5 anos na net conheci pessoas interessantíssimas, amigos dedicados, pessoas leves, algumas personalidades do tipo simples e guerreiras, enfim, vale a pena ter um endereço e trocar idéias aqui.

Como disse, ao longo de alguns anos de blogagem, os Uivos da Loba acumularam premios, selinhos e presentes dos quais guardo com carinho e devoção, mas eu não atentei para mostra-los porque não cabem no sapo, que tem formato de fotoblogger. Então, por estar me sentindo ingrata e insensível, resolvi abrir essa sala para mostrar as coisas lindas que fazem parte da história dos Uivos da Loba, e certamente você faz parte desse cantinho.

Obrigada aos que Uivaaaaammm e, assim, tornaram-se grandes amigos.


Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D